FANDOM


Poeta Grego autor da Ilíada e Odisséia, poemas que trouxeram à idade moderna, não apenas o mito da guerra de tróia, como também o regresso à terra natal de um dos principais heróis dessa fantástica guerra, Ulisses. Foi através desses poemas homéricos que foi possível encontrar as ruínas dessa magnífica cidade pré-helênica, Ilion, ou Tróia.

Durante muito tempo sempre foi contestada a existência dessa cidade e principalmente desse guerra, mas graças a esses poemas, arqueólogos puderam não só comprar a existência da cidade, como também de sua destruição provocada por uma terrível guerra em tempos remotos.

A Odisséia, com os dez anos de peregrinação de Ulisses, em seu regresso ao lar, em Ítaca, após a destruição de Tróia, é bem diferente, do ponto de vista "histórico", da Ilíada. Opinam alguns estudiosos de Homero, no entanto, que essa diferença, quanto ao fundo histórico de ambos os poemas, não deve ser excessivamente exagerada. A base histórica da Odisséia, seria a busca do estanho. Realmente o ferro era pouco e o estanho absolutamente inexistente na Hélade. possuindo o cobre, mas necessitados e desejosos do bronze, os helenos dos "tempos heróicos" organizaram a rota do estanho. é bem verdade que a espada de ferro dos dórios havia triunfado do punhal de bronze dos aqueus, mas, até, pelo menos o século VII a.e.c., o bronze há de ser o material nobre da elite da pátria de Homero. assim se poderia defender que a temática do périplo fantástico de Ulisses teria sido o mascaramento da busca do estanho ao norte da Atrúria, com o descobrimento das rotas marítimas do Ocidente.

A Ilíada, ao revés, descreve um fato histórico, se bem que resistido de um engalanado maravilhoso poético. Na expressão, talvez um pouco "realista" de Page, o que o poema focaliza "são os próprios episódios do cerco de Ílion e ninguém pode lê-lo sem sentir que se trata, fundamentalmente, de um poema histórico. Os pormenores podem ser fictícios, mas a essência e as personagens, ao menos as principais, são reais. Os próprios Gregos tinham isso como certo. Não punham em dúvida que houve uma Guerra de Tróia e existiam, na verdade, pessoas como Príamo e Heitor, Aquiles e Ájax, que se um modo ou de outro, fizeram o que Homero lhe atribui.

Consoante Homero, o que parece autêntico, o mundo micênico era um entrelaçamento de reinos pequenos e grandes, mais ou menos independentes, centralizados em grandes palácios, como Esparta, Atenas, Pilos, Micenas, Tebas..., mas devendo fidelidade ou talvez vassalagem, não se sabe bem por que, ao reino de Agamêmnon, com sede em Micenas.

A arte épica deve ter tido considerável influência sobre a primeira elaboração do politeísmo e sobre o destino posterior da religião grega. é claro que o politeísmo á existia, mas embrionariamente, no nome de deuses ou nas formas míticas elementares vinculadas aos nomes divinos. O politeísmo é uma forma religiosa estreitamente ligada ao mito.

Ver TambémEditar

Hesíodo Mitologia Grega

ReferênciasEditar

Legado de Homero e Hesiodo

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória